Páginas

17.12.09

O circo.

Casa verde, portão aberto, vejo a frente um deserto.
(Até o circo chegar).

Pai, mãe,
eu vou partir, tem um circo em frente a casa. Pai, mãe, lá fora o sol é radiante, meu vestido esvoaçante tem um corte.



Um grande beijo, um abraço forte.
(Eu vejo o sol pela janela).

.Das coisas que me fazem nostalgico-felizes, essa é uma delas. E compartilho.
Penélope - Circo.

Um comentário:

Thiago Menescal disse...

Namorinho de portão,
Circo...



Cadê ciranda da bailarina?